Experiências e formação docente face à inclusão de estudantes com deficiência no ensino técnico

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Cláudia Marisa Ferreira Machado Pimenta http://orcid.org/0000-0003-2211-1871
Allan Rocha Damasceno
Amparo Villa Cupolillo

Resumo

A inclusão de estudantes com deficiência está legitimada em vários dispositivos legais nacionais e internacionais que preconizam sua matrícula na rede regular de ensino, o que vem proporcionando um aumento significativo do número de estudantes com deficiência nas instituições de ensino. No entanto, várias são as barreiras que impedem ou dificultam a sua inclusão nessas instituições, dentre elas a própria formação docente, que podem conduzir às diversas manifestações de preconceito. Essas barreiras reiteram a necessidade de problematizar e de realizar pesquisas que objetivem investigar o processo de inclusão de estudantes com deficiência nas Instituições de Ensino, sentido que se fundamenta esta pesquisa. Este artigo tem como objetivo investigar o processo de inclusão de estudantes com deficiência visual na escola, a aceitação da diferença e da diversidade, tendo como base a formação e as experiências de docentes do Ensino Técnico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) – Campus São João Evangelista- MG. O estudo, de cunho qualitativo, teve os dados coletados por meio de entrevista semiestruturada e contou com sete professoras que atuavam com estudantes com deficiência visual como sua população-alvo. Esta pesquisa apontou a necessidade de uma reflexão crítica acerca da organização de escolas inclusivas e ainda uma escassez de estudos resultantes de experiências escolares sobre a educação dos estudantes com deficiência na perspectiva da inclusão escolar no Brasil, sobretudo em interface com a Educação Profissional.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##