Uma análise das estratégias utilizadas por alunos do nível superior perante questões que envolvem o Teorema de Pitágoras

  • Wilson Souza Costa Junior UESB
Palavras-chave: Teorema de Pitágoras; Estratégias de resolução; Geometria; Ensino Superior.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar as estratégias de alunos recém-ingressados no curso de Licenciatura em Matemática, quando estes se deparam perante questões que envolvem o Teorema de Pitágoras em sua resolução. Pereira, Couto e Costa (2016) defendem esse tipo de trabalho pela possibilidade de analisar as dificuldades que os alunos encontram em determinado conteúdo. O estudo apresenta uma abordagem qualitativa de caráter descritivo, realizado com 32 participantes que acabavam de ingressar no curso de Licenciatura em Matemática. O instrumento para a realização da coleta de dados foi um questionário composto por 10 questões que envolvessem o teorema estudado nesse trabalho. Por meio da análise de dados identificamos como média geral 24% de respostas corretas, que consideramos um valor pouco satisfatório. Dividimos as respostas incorretas em duas categorias: apresenta indício do Teorema de Pitágoras e não apresenta indício do Teorema de Pitágoras. Os dados coletados foram agrupados de acordo com suas características de forma a facilitar nossa análise. Assim, foi identificado que apesar da alta incidência de respostas erradas, 46% do total de respostas analisadas possuíam indícios de conhecimento do teorema. Nas respostas incorretas a estratégia mais frequente foi a erro na resolução, na qual em seus registros o aluno apresenta erro nas operações básicas, no cálculo de potência, raízes e na solução de equações do 2º grau. Além disso, foi possível identificar que os alunos apresentam melhor desempenho em questões não contextualizadas. Essa análise nos mostra que alunos que ingressam no Ensino Superior ainda apresentam dificuldades que deveriam ter sido sanadas na Educação Básica. Portanto, acreditamos ser necessária a criação de métodos de intervenção capazes de solucionar as dificuldades que acompanham esses alunos.
Publicado
2018-12-07
Seção
Dissertações e Teses