Formas de vida e jogos de linguagem: a Etnomatemática como método de pesquisa e de ensino

  • Isabel Cristina Machado de Lara PUCRS - Pontifícia Universidade Católica do Rio grande do Sul
Palavras-chave: Etnomatemática. Método de ensino. Jogos de linguagem.

Resumo

Este artigo objetiva apontar diferentes possibilidades acerca da operacionalização da Etnomatemática como método de pesquisa e ensino na Educação Básica, por meio do reconhecimento de jogos de linguagem que constituem diferentes saberes matemáticos. Delineia a trajetória teórica do Grupo De Estudos e Pesquisas XXX da XXX[1] desde sua constituição, revisita principais autores que tratam da Etnomatemática e traz à tona condições criadas pelos estudos de Wittgenstein para pensar em diferentes formas de matematizar a partir de distintos usos que se faz da Matemática. Levando em conta os estudos kantianos acerca da aquisição do conhecimento, é possível fazer uma analogia entre a faculdade de intuir, a faculdade do entendimento e a faculdade de julgar com os passos sugeridos por Ferreira em relação à Etnomatemática como recurso pedagógico. Diante disso, propõem uma concepção de Etnomatemática a partir dessas perspectivas e delineia as etapas que possibilitam sua operacionalização como método de pesquisa e de ensino em sala de aula.

 

[1] Em todas as marcações XXX, o nome será inserido após aprovação.

Publicado
2019-08-30