Discursos do PME de Vitória da Conquista: análise do contexto de influência e da produção de texto

  • Arlete Rocha Miranda Doria Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Sandra Márcia Campos Pereira
Palavras-chave: Educação

Resumo

A partir da aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE), uma proposta de caráter decenal, tendo por objetivo garantir a política educacional ao longo de uma década, articulando as ações da União, Estados e Municípios, instituindo diretrizes, metas e estratégias que devem orientar as elaborações na área da educação, sendo estabelecido como política de Estado e não de governo, Estados e Municípios se viram obrigados a elaborarem, respectivamente, seus planos de educação. É nesta perspectiva que este texto tem por objetivo analisar discursos que compõem o contexto de influência e de produção de texto da meta 1 do Plano Municipal de Vitória da Conquista, Ba. O método utilizado é o ciclo de política criado por Stephen Ball e Richard Bowe, utilizando o contexto de influência e o contexto de produção de texto. A análise dos dados produzidos é realizada a partir de conceitos foucaultianos de discurso, governamentalidade e vontade de verdade. Para produção de dados foi realizada entrevista com quatro enunciadores. Os
resultados da pesquisa evidenciam que no contexto da influência várias vozes se fizeram presentes: os discursos do PNE, do Programa de apoio à Educação Municipal (PROAM), do Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (SIMMP); no contexto da produção de texto a disputa das várias vozes ocorreu durante todo o processo, enfatizando entre estas vozes a que ecoava do legislativo municipal, da secretaria municipal de educação, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia e das comissões representativas.

Publicado
2019-08-30