Concepções dos professores de Química do ensino médio sobre avaliação escolar

Palavras-chave: Avaliação escolar, Concepções dos professores, Ensino Médio, Química

Resumo

Este artigo apresenta o processo de construção de significados sobre avaliação escolar por cinco professores de Química que lecionam em Juiz de Fora e em outras cidades da região, pertencentes ao Estado de Minas Gerais. Os docentes participaram de uma oficina intitulada “Avaliação escolar: vamos discutir essa questão?”, composta de oito encontros. Antes de iniciar a oficina e após a finalização dos encontros, realizamos entrevistas semiestruturadas com os participantes, cujas respostas foram registradas em áudio, assim como os encontros, que também foram gravados em vídeo. Todos os registros obtidos por meio das gravações foram transcritos para comporem os dados da pesquisa e serem interpretados através da Análise de Conteúdo. Os dados apontaram que somente dois professores, a princípio, associavam à avaliação um caráter pedagógico, os outros a utilizavam como exame. No entanto, ao longo da oficina, os participantes mobilizaram essas concepções iniciais, inserindo elementos que os fizeram ter um olhar diferenciado para a avaliação, ou seja, como um instrumento que pode contribuir não só com a aprendizagem, mas também com o ensino.

Publicado
2020-08-31
Como Citar
Silva, I., & Afonso, A. (2020). Concepções dos professores de Química do ensino médio sobre avaliação escolar. Com a Palavra, O Professor, 5(12), 147-169. https://doi.org/10.23864/cpp.v5i12.342